Meu universo paralelo

** Hoje, um poema nasceu, em um post no Facebook, regado a lágrimas e inseguranças. Talvez eu esteja um pouco emotiva demais após o retorno das férias, ou por saber de coisas duras e feias. Há em mim o desejo de mudança, dores de sonhos não realizados, vidas ainda por vir. Quero escrever mais poemas,…

Ler mais

A esperança persiste

Dizem que a esperança é a última que morre, mas nem sempre foi assim para mim. Eu me prontificava a duvidar o tempo todo desse ditado popular como se não passasse de uma exagerada tentativa de confortar os pessimistas. Uma perda de tempo, um alento constantemente desfeito pela decepção. Havia em mim um excesso de…

Ler mais

Irish soul

“Minha alma é irlandesa”. Eu não sei dizer de onde vem essa minha paixão pela Irlanda e pela estética/cultura céltica. Acho que foi quando li As Brumas de Avalon pela primeira vez, ou quando comecei a assistir a filmes de época, na adolescência, e descobri as belezas da Emerald Isle. Pensando bem, quando era ainda…

Ler mais

Um livro em um mês – meu primeiro NaNoWriMo

Existem momentos na vida em que paramos e pensamos: por que ainda não fiz aquilo que sempre sonhei em fazer? Seja lá o que nos impeça – medo, falta de planejamento, falta de recursos – , parece que nossa atitude mais impulsiva e recorrente é conjugar os sonhos no tempo futuro. É como se, inconscientemente,…

Ler mais

Autoajuda ou autoconhecimento?

Conhecer a si mesmo é um passo crucial para descobrir e entender qual é o seu papel no mundo. Quem sabe de seu propósito faz escolhas mais ponderadas, decide com mais firmeza o destino que deseja para si e quais planos e projetos fazem seu coração bater mais forte. Como resultado, quem se conhece tem…

Ler mais