Desdobramentos

Quem diria que chegaríamos tão longe, não é mesmo? Exatamente dentro de um mês, este blog completará cinco anos de existência. São muitas as coisas que eu gostaria de dizer, diversas epifanias, publicações e inúmeros frutos colhidos desde o início dessa jornada. Ao todo, foram 130 textos publicados desde o início. Era para ser muito…

Ler mais

Não seremos reféns

Como é difícil existir em dias como hoje. Dias em que desejo poder imprimir sentimentos em imagens e palavras, mas sei que não terei sucesso. Como é pesado o fardo de sentir as dores do mundo e não ser capaz de abrandá-las. É pesado o fardo de se manter quieta quando se quer explodir. Ninguém…

Ler mais

A esperança persiste

Dizem que a esperança é a última que morre, mas nem sempre foi assim para mim. Eu me prontificava a duvidar o tempo todo desse ditado popular como se não passasse de uma exagerada tentativa de confortar os pessimistas. Uma perda de tempo, um alento constantemente desfeito pela decepção. Havia em mim um excesso de…

Ler mais