Tudo é indagação

Noite. Hora de silêncios. Menos aqui dentro, onde tudo é indagação. Queria saber o que pensam aquelas pessoas vestidas de verde e amarelo, gritando pelo retorno de um regime que não permitira protestos, para começo de conversa. Queria poder entender o que se passa na mente de quem não sente vergonha de vociferar contra a…

Ler mais

Das coisas que vivem

Aroldo é o nome da suculenta que me faz companhia na mesa do escritório. Desconheço o nome científico e botânico dessa planta, que carinhosamente chamo de planto, mas posso dizer que ele é um pedaço de vida verde, lutando para sobreviver em um ambiente hostil. Assim como eu. Quer dizer, eu não sou verde, mas sou…

Ler mais

Meu universo paralelo

** Hoje, um poema nasceu, em um post no Facebook, regado a lágrimas e inseguranças. Talvez eu esteja um pouco emotiva demais após o retorno das férias, ou por saber de coisas duras e feias. Há em mim o desejo de mudança, dores de sonhos não realizados, vidas ainda por vir. Quero escrever mais poemas,…

Ler mais

Café da manhã

Acordo desistindo dos planos que fiz para hoje. Eu deveria ir ao MASP. Passear pela Avenida Paulista, admirar o cinza do céu da cidade da garoa, buscar inspiração no grito das ruas e nos ambientes culturais. Tomar um café, fotografar um café, fingir que sou feliz num café. Fazer de conta que férias é tempo…

Ler mais

Será que estamos sozinhos no universo?

Olhar para as estrelas é um exercício que me agrada e fascina. Fico perdida em devaneios, imaginando todas as vidas que existem lá no alto, ao nosso redor, a milhares de anos-luz ou bem mais próximo do que imaginamos. Bastaria viajar através de um buraco de minhoca para conhecer os mais incríveis mundos, as civilizações…

Ler mais

Literatura para salvar o mundo

A literatura não promete felicidade alguma — pelo menos não do tipo clássico, ou seja, o tipo imaginário — e não nos oferece garantias de finais felizes, nada disso. Ela nos amplia a vista de casa, nos mostra o outro — igual e diferente de nós — e exige que nos comparemos a ele, que…

Ler mais