Vai passar

Essa fase difícil vai passar. Tudo passa, tudo sempre passa. Passa como os dias em que estamos isolados, solitários, vivendo em uma bolha de preservação individual e coletiva. Como as horas que vezes se arrastam e em outras vão embora depressa. Como o medo, o rancor, o riso e a dor. Mas, e depois que…

Ler mais

Literatura para salvar o mundo

A literatura não promete felicidade alguma — pelo menos não do tipo clássico, ou seja, o tipo imaginário — e não nos oferece garantias de finais felizes, nada disso. Ela nos amplia a vista de casa, nos mostra o outro — igual e diferente de nós — e exige que nos comparemos a ele, que…

Ler mais

O que o medo nos rouba

O medo é um grande ladrão de sonhos e planos. Nos puxa pelas pernas, nos prende ao chão com seus grilhões escuros e pegajosos. Faz morada e se prolifera em nossos corações e pensamentos, se alimenta de tudo o que é frágil e inocente. O medo nos rouba de nós, nos impede de viver em…

Ler mais

Mudar, mas só por mim

Já faz um tempo que estou fazendo terapia, quase um ano. Eu já havia passado por psicoterapia no passado, mas dessa vez busquei um caminho mais espiritualizado. Minha terapeuta é holística e usa uma abordagem de harmonização do ser, com florais e Reiki. Tenho apenas uma coisa a dizer sobre todo esse processo: mudou a…

Ler mais

Ano novo, ritos e recomeços

Esse não é um texto otimista. Não porque deixei de acreditar no futuro ou por ter perdido as esperanças. Pelo contrário: sou uma pessoa que crê nos frutos da ação, que nada mais é do que a fé combinada à atitude. Sem fé, nada é possível.  Dito isto, creio que posso seguir com as minhas reclamações…

Ler mais