Estagnados

  Não somos quem gostaríamos de ser, somos folha que o rio carrega: levados pela correnteza dos acontecimentos, da margem pacata até as pedras maciças das cachoeiras. Chegamos ao nosso destino, nosso mar, não por vontade própria, mas por mãos invisíveis que nos conduzem através dos dias, meses, anos. Me pergunto o que aconteceria se…

Ler mais