Para celebrar o Dia Mundial do Livro

Minha vó sempre dizia que Deus fez as bibiliotecas para que as pessoas não tenham desculpas para serem tão estúpidas.– Joan Bauer Hoje comemora-se o Dia Mundial do Livro, instituído pela UNESCO em 1995. A data foi escolhida pois é nela em que se comemora o nascimento e a morte de William Shakespeare (1564-1616), a…

Ler mais

Um pedaço de chão

Se você olhar bem, verá que o mundo todo é um jardim.– Frances Hodgson Burnett Semana passada, terminei de ler o livro O jardim secreto, da autora britânica Frances Hodgson Burnett, obra clássica da literatura juvenil inglesa. Embora seja mais voltado para o público jovem, acredito que essa é uma leitura adequada para pessoas de todas…

Ler mais

Cinco livros para ler em cinco dias

O feriado do carnaval desperta sentimentos conflitantes em muitos de nós. Carnaval é sinônimo de esquindô, confetes e batuques nas esquinas, noites de festa, paixões efêmeras. Cerveja, praia, viagem, cinco dias de pernas pro ar. Embora o carnaval seja capaz de dividir opiniões, todos concordamos que ter tantos dias de folga não é nada ruim. Basta…

Ler mais

Leituras de Outubro – Adeus, zona de conforto!

Eu sei, a expressão zona de conforto é um clichê muito ultrapassado – e peço perdão por fazer uso desse lugar-comum assim, logo de cara. Porém, no caso das leituras desse mês, eu senti a necessidade de falar sobre uma tendência que é comum a muitas pessoas (se não a todas): o medo de arriscar. É…

Ler mais

Leituras de Setembro – George Saunders, Rita Lee e Clarice Lispector + “O que é literatura?”

No mês passado, li muito menos do que gostaria. O tempo me engoliu com sua garganta faminta, os dias passaram num estalo e senti necessidade de me afastar das letras. Escrevi pouco, cumpri apenas as metas dos clubes de leitura dos quais participo e tive vergonha de mim mesma. Mas, como diria Rita Lee, “são…

Ler mais

Leituras de Agosto – Clássicos, best-sellers e reflexões sobre a dignidade

Esse post está um pouco atrasado, eu sei. Em agosto as leituras foram muito marcantes, por isso precisei de um tempo a mais para digeri-las. E nesse mês estou tão imersa no que estou lendo, que tive dificuldade de sair dos livros para criar minhas próprias palavras e histórias. Sigo firme e forte nas  metas…

Ler mais