Culpa, ócio e produtividade em tempos de isolamento

Graças à minha educação e vivência no catolicismo, a Sexta-feira Santa sempre foi um dia em que faço poucas coisas, em que fico voltada a contemplar e orar. Minha mãe sempre dizia que esse é um dia de contrição e de luto pela morte de Cristo, e não de festas ou trabalhos desnecessários. De fato,…

Ler mais