Sinfonia caótica

Cinco ruídos distintos se fundem e batucam na minha cabeça. Durante todo o dia. Todos os dias da semana. Eles já fazem parte da paisagem sonora, como um quadro velho pendurado em uma parede velha, que mal é notado pelos moradores de uma casa. Ou uma árvore nunca podada. Ou o ruído estático de uma…

Ler mais

A semana é uma linha que nunca termina

Sexta-feira. De novo. O mundo se regozija por não precisar acordar cedo amanhã, pelas possibilidades de diversão, de sair para viajar, de aproveitar a vida sem o fardo das obrigações do trabalho. Uma parte do mundo, pelo menos. Há aqueles desafortunados – a grande maioria, presumo – que trabalham aos finais de semana e têm…

Ler mais

Todo mundo tem dias ruins

Como é complicado navegar pelo mar da existência nessa nossa era digital, não é mesmo? Já seria bem difícil, mesmo sem a internet, porque muito antes disso já vivíamos a máxima de “estamos nesse mundo para sermos felizes”. Eu concordo que a felicidade é uma das coisas mais almejadas, é uma riqueza e um privilégio,…

Ler mais

Bagagem leve

Muita coisa tem sido dita sobre o desapego, tanto o emocional quanto o material. Dizem que, quanto mais abrimos mão das coisas, maior é o espaço criado em nossas vidas para o que realmente importa, inclusive para novas possibilidades. O desapego virou moda, slogan de promoções em lojas e sites de compra e venda. Virou…

Ler mais