O homem que pedia desculpas

Sentado no banco, com os olhos voltados para o chão, Lúcio ensaia o diálogo previsto para dali a dez minutos com sua namorada. A mensagem precisamos conversar ainda brilha na tela do celular, e Lúcio recorre àquela frase afiada para elencar as palavras que pretende proferir. Ele não faz ideia do que Guta tem para dizer.…

Ler mais

Resgatando o prazer de ler histórias sensíveis

No início deste ano, resolvi não fazer resoluções. Nunca as cumpro. Costumam compôr uma lista que serve apenas para aliviar a minha ansiedade, ou trazer uma sensação de dever cumprido (o de fazer a tal lista, e não realmente riscar os itens nela como feitos). A grande surpresa da vida consiste em deixar nossos desejos…

Ler mais

Por que é necessário amar o seu corpo agora

Há algum tempo, li um texto no blog The Militant Baker, no qual, após revisitar alguns retratos antigos, Jes Baker relata como foi chocante observar sua mudança de perspectiva a respeito de sua aparência. A blogueira em questão, que espalha uma mensagem positiva de amor próprio pela blogosfera, exibe nessa postagem diversas fotos suas de quando…

Ler mais

Retratos aquarelados

A mais notável qualidade de um artista é a de transformar as coisas mais banais em obras incríveis e com potencial para atingir várias gerações. Graças a eles, nossa imaginação se mantém viva, as memórias de tempos distantes são preservadas, e conseguimos enxergar o mundo de uma maneira diversa, que nos ajuda a perceber a beleza…

Ler mais

Pequenos grandes ensinamentos

Hoje fui assistir à animação do consagrado “O Pequeno Príncipe”, um livro tão simples, mas que cativou incontáveis fãs em todo o mundo. É incrível como um texto tão singelo, com desenhos pouco elaborados e linguagem pouco erudita, foi capaz de ganhar tanto espaço na cultura ocidental e permanecer vivo por tanto tempo. Talvez seja…

Ler mais

As Coisas Impossíveis do Amor

Esta tarde, enquanto trabalhava, assisti a um filme que leva o mesmo título desse post. Lançado em 2009, o longa conta a história de Emilia, interpretada maravilhosamente pela Natalie Portman, e sua batalha para conseguir superar o trauma causado pela morte de sua filha recém-nascida, entre outras coisas ruins do passado e do presente. Longe de…

Ler mais