Nas esquinas da capital da loucura

Um homem está sentado sobre um pedaço de papelão em frente a uma lanchonete na Avenida Paulista. O cobertor surrado pendurado em suas costas ostenta manchas de gordura, lama e fluídos desconhecidos. Os cabelos grisalhos envolvem sua cabeça num emaranhado de lã grossa e suja – sua auréola profanada de santidade decadente. Seu nome é…

Ler mais

Você não é todo mundo

A vida desta mulher se formou na dicotomia entre o afastamento da realidade e a ânsia de pertencer ao lugar-comum. A menina caminha de mãos dadas com a mãe no shopping center. Ela se detém em frente à vitrine da loja de brinquedos, seus olhos brilham em êxtase contemplando uma boneca coberta de glitter, com…

Ler mais

Granola

Na varanda do apartamento de duzentos metros quadrados, Jussara descansa em uma espreguiçadeira macia. Ao seu lado, um copo de chá gelado com frutas vermelhas, laranjas cortadas em rodela e um ramo de hortelã verde vivo – um mimo para acompanhar o seu rotineiro tédio matinal. O sol míngua no céu da manhã, que se…

Ler mais

Sete dias de escuridão

Fechou os olhos, como se fechasse as portas para a vida, numa vã tentativa de apagar das retinas todas as imagens e os acontecimentos do dia. A noite chegava de mansinho, escondendo o sol por trás das cortinas e deitando seu manto negro sobre o mundo. Recostou o corpo cansado na poltrona lentamente, com sua…

Ler mais